Love me, hate me

Amo Photoshop, é uma ferramente muito útil tanto para meus trabalhos da faculdade, quanto para os posts do blog, mas sério, quem a Lancôme quer enganar, deixando {a linda} Julia Roberts com uma pele melhor do que qualquer uma de nós nos seus 20 e poucos anos, ou até melhor que um rosto de um bebê?

Como uma {futura} publicitária, entendo que fica melhor e talz, mas acho um exagero total, tipo a capa da Harper’s Bazzar com a Demi Moore. Se eu tivesse que fazer monografia para conclusão do meu curso, com certeza, seria sobre o Photoshop e as imagens que vamos vender, mas para conclusão será TCC.

Enfim, precisamos ter bem claro que tudo isso é falso, ninguém no mundo inteiro tem rosto de boneca de porcelana, então não há motivo para sentir inveja ou querer ser igual a Julia Roberts  {não que ela não seja linda e seja uma ótima atriz} ou qualquer garota propaganda por aí e pra quem ainda tem dúvia, dá uma olhadinha no Just Jared ;}

13 thoughts on “Love me, hate me

  1. Concordo contigo!
    Acho super válido e necessário usar photoshop nas fotos, principalmente de publicidade, mas exagerar ao ponto de ficar surreal não precisa né?

    Beeijos

  2. Além de perder o apelo por ser muito barbie, socialmente é muito irresponsável, chegando até no conceito de ética: que tipo de parâmetro falso a sociedade passa a acreditar?
    Na minha opinião, esses retoques são tão preocupantes quanto a ditadura zero size.

    Beijos!

  3. É, a publicidade tem dessas coisas, embora ninguém na nossa área discuta muito isso. Se antes havia mentiras nos textos publicitários, hoje há nas imagens (que valem sim mais do que mil palavras).

  4. tb acho que exageram na dose, mas tb que produto hoje em dia vende sem mentiras??
    acho que o produto que é totalmente sincero, acaba não vendendo não é mesmo?

  5. ahhh vou ser cruxificada! Mas nunca achei a Julia Roberts tããàão linda assim..
    Acho ela bem bonita.. mas passa longe de ser ícone de beleza pra mim!
    e com o tanto de maquiagem e photoshop da fota até eu serei considerada diva!
    ahahahahah
    beijosss

  6. Exageram e MUITO no photoshop, até acho que em propagandas pode se usar sim photoshop para dar umas “ajeitadinhas” na foto, mas não deveriam a chegar um ponto de mudar e MUITO a realidade!
    Se fosse numa foto que fosse para um revista, confesso que nem ligaria se “tacaram” ou não photoshop contanto que não fique feia – é lógico kkkk- mas, é algo que eles vão vender

  7. Ai, eu também amo Photoshop mas haja paciência — e bom senso, né? Julia Roberts é bonita, mas esse pele não existe.
    Como disse a Thaís, uma imagem vale mais que mil palavras, e isso não só na publicidade, mas em qualquer coisa que tenha apelo visual. Quando a gente olha fotografias que beiram a perfeição inexistente não dá pra levar a sério. Eu vejo ads de rímeis e fico boba com a quantidade de cílios postiços que colocam pra fazer parecer com que o rímel realmente cumpre aquilo. Pior 1: eu sou apaixonada por rímeis, mas não confio nos ads. Pior 2: tem gente que acredita.
    Tratamento de foto é muito bem-vindo, mas tudo com limite. Quando a modelo da foto, seja ela Julia Roberts de 40-e-tantos-anos ou modelos de 20, tem uma pele sem poros e imperfeições, é porque já passou longe do limite há tempos! haha
    Beijos

  8. Eu também sou adepta ao photoshop, que ajuda pra caramba pra fazer montagens, mas acho que esconder sinais que são normais em qualquer pessoa é o fim!
    Além do que, vemos a Julia toda linda nessa foto e chega numa premiação ela com os (até que poucos) sinais de expressão todos aparentes, fica feio! Eles poderiam pegar leve e não exagerar tanto assim!!
    beeijoos ;*

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s